Perdas de direitos dos aposentados foi tema de jornada em Brasília-DF

De 16 a 18 de agosto o professor Joaquim Toledo (aposentado ICEB) e o assessor jurídico da ADUFOP, Guido Coutinho participaram da Jornada de Mobilização de Aposentados, promovida pelo ANDES-SN, em Brasília-DF. A jornada contou com a participação de 26 seções sindicais. O debate sobre “As perdas históricas de direitos dos aposentados e aposentadas” abriu o primeiro dia do evento, com exposição do assessor jurídico do ANDES, Leandro Madureira. Foram apresentadas as Emendas Constitucionais nº 20/98, nº 41/2003 e nº 47/2005 que estabelecem idades mínimas para aposentadoria cumulativamente com o tempo de contribuição, fim da paridade e integralidade e limitação dos valores das aposentadorias ao teto do Regime Geral da Previdência através do Funpresp. Foi falado também sobre a PEC 287/2016, proposta pelo Governo Temer, que aumenta o tempo de contribuição e idade e fim das pensões por morte, dentre outros. No segundo dia, os participantes percorreram os gabinetes dos deputados para reiterar a necessidade de resistência contra a aprovação da PEC 287 que retira direitos previdenciários. Participaram também da 58º Reunião Extraordinária da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, presidida pelo senador Paulo Paim. O debate teve como objetivo desmentir as inverdades sobre o déficit da Previdência e enfatizar os malefícios para a classe trabalhadora, caso a PEC 287/2016 seja aprovada. A jornada se encerrou com debates e trocas de experiências entre os participantes, e a indicação da necessidade de ampliar as discussões políticas sobre o tema em eventos locais nas seções sindicais.