Confira como foi a Assembleia Geral da ADUFOP

Docentes se reuniram em Assembleia Geral da ADUFOP no do dia 22 de março, no Bloco de Salas de Aulas, Campus Ouro Preto, em debate sobre pautas locais e nacionais que atingem diretamente o trabalho da categoria. O presidente da ADUFOP, professor André Mayer, ao lado do assessor jurídico da entidade, Guido Coutinho, abriu a assembleia com os informes gerais  sobre as eleições da entidade e do ANDES-SN que acontecem nos dias 9 e 10 de maio; o apoio da ADUFOP à Ocupação Chico Rei e aos sindicatos em greve na região, SINDSFOP e SindUTE, a prestação de contas do exercício de 2017 aprovada pelo Conselho de Representantes e a posse dos docentes aprovados no Edital 75/2016, que foi uma luta da Assessoria Jurídica da entidade junto a Universidade.

A análise de conjuntura teve a participação dos docentes da plenária com avaliação dos ataques à classe trabalhadora, em especial ao serviço público, ao funcionalismo público; e a tendência de sucateamento e privatização das Universidades.

O Memorando PROAD nº53/2018 enviado pela UFOP, que se refere à obrigatoriedade de apresentar diploma para progressão na carreira, foi um dos pontos polêmicos. O assessor jurídico da entidade esclareceu que os docentes não terão as consequências consequências financeiras previstas na carreira, em especial o recebimento da Retribuição por Titulação (RT). Foi encaminhado agendar reunião com a Reitoria, articulada com o ASSUFOP, para tratar do Memorando, aguardar encaminhamento do ANDES-SN e apresentar a insatisfação da categoria com a falta de diálogo, quanto às determinações do MPOG, que afetam diretamente os docentes e que são encaminhadas pela PROAD de forma passiva e sem questionamento, como se a UFOP não tivesse uma “autonomia relativa”.

Foi aprovado também apresentar à Reitoria, a necessidade de retificação do atual edital para concurso de Docentes, nº 24/2018, que abre a inscrição somente para brasileiros e portugueses, sendo que em vários departamentos da UFOP há presença de estrangeiros.

Os docentes aprovaram também alteração regimental da mudança para a atual sede da ADUFOP, na Rua Antônio Jose Ramos, 65, Bauxita.

Acesse aqui a ata da Assembleia.